ROTEIROS DA MEMÓRIA URBANA: PORTOMARCAS DEIXADAS POR LIBERTÁRIOS E AFINS AO LONGO DO SÉCULO XX

ROTEIROS DA MEMÓRIA URBANA: PORTOMARCAS DEIXADAS POR LIBERTÁRIOS E AFINS AO LONGO DO SÉCULO XX
Ficha técnica
Editorial:
EDIÇOES COLIBRI
Año de edición:
Materia
Sociologia
EAN:
9789896893514
ISBN:
978-989-689-351-4
Idioma:
PORTUGUES
Disponibilidad:
Inmediata: Entrega en 24/48 horas

9,81 €

No primeiro terço do século XX, o Porto era a segunda a maior cidade do país, a mais produtiva e aquela que dispunha do maior volume de força-de-trabalho operário (oficinal e industrial), ostentando com orgulho a divisa de "liberal" e o epíteto de "capital do norte". Com as vilas de Gaia e Matosinhos já estreitamente a si associadas, o Porto era um meio urbano especialmente permeável ao anarco- sindicalismo e aos seus enraizamentos educativos e culturais nos diversos bairros da cidade, constituindo a expressão nortenha do movimento social crítico e alternativo dessa época em Portugal. Após o  25 de Abril de 1974, muito tinha mudado na cidade, a partir do seu centro, da Câmara e da Avenida dos Aliados. Mas aí irromperam também os "novos movimentos sociais" impulsionados sobretudo pelos jovens: feminismo, pacifismo, ecologismo.

Otros libros del autor

JORNAL DA MARINHA
A MARINHA E O PODER POLÍTICO EM PORTUGAL NO SÉCULO XX
ROTEIROS DA MEMÓRIA URBANA: LISBOA - MARCAS DEIXADAS POR LIBERTÁRIOS E AFINS AO LONGO DO SÉCULO XX