AS BIBLIOTECAS DE CASTELO DE VIDE E A EDUCAÇÃO POPULAR (1863-1899)

AS BIBLIOTECAS DE CASTELO DE VIDE E A EDUCAÇÃO POPULAR (1863-1899)
Ficha técnica
Editorial:
EDIÇOES COLIBRI
Año de edición:
Materia
Historia
EAN:
9789896891398
ISBN:
978-989-689-139-8
Idioma:
PORTUGUES
Disponibilidad:
Inmediata: Entrega en 24/48 horas

11,77 €

As Bibliotecas Populares surgiram em Portugal devido à dinâmica do movimento associativo e à necessidade de instrução das massas populares, oficializadas pelo Decreto de 2 de Agosto de 1870, de D. António da Costa. A leitura pública emergiu no concelho de Castelo de Vide nas décadas finais do séc. XIX, pelo que esta terra deverá orgulhar-se de ter tido a primeira Biblioteca Popular do distrito de Portalegre. Fundada por iniciativa do associativismo local, seguia já nesta época os princípios da leitura pública, com o livre acesso às estantes, empréstimos domiciliários e serviços gratuitos. Reunindo um acervo diversificado colocado à disposição da comunidade local, constituiu-se num primeiro e fundamental passo na formação de adultos e educação popular. Este trabalho pretende não só conservar a memória das Bibliotecas fundadas no âmbito da Associação Amigos do Estudo e Uns dos Outros (1863) e do Grémio de Ilustração Popular (1870), que estiveram na origem da actual Biblioteca Municipal Laranjo Coelho de Castelo de Vide, mas igualmente constituir-se num subsídio para um melhor conhecimento desta importante realidade cultural e intelectual.